Inbound marketing ou marketing de atração, saiba mais o que é.

Inbound marketing ou marketing de atração, saiba mais o que é.

Inbound Marketing não compra a atenção dos clientes, pois a marca gera conteúdo altamente relevante para o consumidor que por sua vez procura tal conteúdo e acaba por encontrar a empresa.

É uma forma de estratégia de comunicação online na qual a marca, o serviço ou o produto se promove através de blogs, podcasts, vídeos, ebooks, newsletters, whitepapers, landing pages, SEO e outras formas de marketing de conteúdo. O Inbound Marketing se diferencia dos métodos tradicionais que procuram atrair a atenção de potenciais clientes através da compra de espaços publicitários em meios como rádio, televisão, flyers, telemarketing, entre outros. Inboud é um estilo de estratégia que consiste em focar em melhorar seu negócio e não correr atrás de clientes.

Inbound Marketing é o marketing para dentro, ou de entrada. É fazer marketing para as pessoas certas e no momento certo, ajudando-as no que precisam, entendendo seus problemas, buscando soluções. É um novo jeito de se pensar o marketing, baseado na criação de conteúdo de qualidade para pessoas com características detalhadas. É qualquer tática que se baseia em ganhar o interesse das pessoas, direcionada a um público certo. Diferente do Outbound Marketing, que “empurra” produtos e clientes para as pessoas indistintamente.

Hoje pensamos muito sobre automação de marketing, que é um estágio mais avançado nesse processo. Vou aqui compartilhar o básico, para entender as 4 fases do Inboud Marketing:

1 – Atrair. É fundamental que você descubra as características do seu público alvo, ou a persona, como está na moda falar. Quanto mais detalhado for o retrato desse grupo restrito você dominará a conversa sobre o conteúdo que sua persona deve receber. Assim, você poderá gerar o conteúdo desejado e construir uma estratégia de entrega capaz de atrair e envolver, como qualquer pescaria você poderá usar iscas digitais. 

2 – Relacionar. Você conseguiu, as pessoas responderam ao conteúdo gerado, realmente atingiu a persona naquilo que ela mais queria ouvir. Que bom. Hum, mas, você deve ser ágil nas comunicações e responder da maneira mais personalizada possível a interação com público, respondendo, provocando positivamente, pois, se o relacionamento complementar adequadamente a estratégia certamente a conversão acontecerá, é só uma questão de tempo.

3 – Converter. Quando aquele usuário de rede social, ou mesmo um internauta vindo de sites de buscas, como o Google, Youtube, Yahoo, etc, diretamente para o seu website, ele está interessado, poderá se manifestar se for bem direcionado. Quando alguém começa a interagir com a marca geralmente está em ponto de conversão, ou a venda.

4 – Analisar. A partir do planejamento deve-se analisar os resultados obtidos. Se o funil de vendas funcionou, se houve emperramento de ações. Pois dessa análise sairão informações que poderão fazer sua máquina de Inboud Marketing ficar bala.

Para executar uma campanha inboud, é preciso de muito planejamento e inventividade na criação do conteúdo. É necessário ter um grande compromisso profissional, porque há muitas ações para serem executadas, por isso a equipe deve estar bem qualificada, para fazer análises, distribuição, mensuração, entre diversas outras ações que fazem parte dessa estratégia.

Para finalizar, o conteúdo deve ser extremamente relevante, publicado, patrocinado, compartilhado. E isso em toda a sua rede multicanal. É nesse momento que o marketing e conteúdo irão entrar em cena e mostrar a que vieram.

Não confunda, é muito simples. Muitas profissionais fazem tantas elocubrações para diferenciar Marketing de Conteúdo do Inboud Marketing, como se fossem coisas distintas. Na verdade não são. Inboud Marketing é uma forma específica de Marketing de Conteúdo, com uma linha de postagens e cronogramas radicais, o que dá uma forma diferenciada, e faz com que as pessoas pensem estar usando outra disciplina.

Se você gostou, e quer saber mais, entre em contato conosco! 😉

Share this post