loader

PRIMEIROS PASSOS PARA COMEÇAR A CRIAÇÃO DE CONTEÚDO

Começando a produzir conteúdo original. Como fazer para que ele funcione para um plano de marketing de conteúdo?

Ok, o marketing de conteúdo é o caminho. Mas como iniciar essa estratégia de marketing de conteúdo de um modo claro, planejado?

Olhando exemplos para construir um motor de conteúdo para sua marca, a melhor maneira de começar é contratar uma agência para ajudar a desenvolver um plano de marketing de conteúdo e presença na web em 90 dias a partir do zero.

O que deve ser feito, por você ou por uma agência, tanto faz. O importante é montar a história e criar boas experiências para o público-alvo. A agência pode ser boa para deslanchar.

As táticas incluem conteúdo para, site, Facebook, Twitter, Youtube, G+, e-mails, Linkedin, prevendo verba para anúncios patrocinados, newsletters regulares, geração de leads com páginas de captura, otimização de busca orgânica, etc.

Como montar um plano de geração e distribuição de conteúdo para sua rede? Tudo deve ser pensado em função do seu target. Feito o plano, tem de botar a mão na massa.

A produção textual ou a copy tem de ser pensada no formato online. Esse texto cresceu muito de especialização, a comunicação de marketing na web está muito desenvolvida.

Texto curto, objetivo e chamativo, estilo simples com frases curtas. Deve conter elementos que promovam a indexação do conteúdo, fazendo que ele seja encontrado facilmente pelas máquinas dos sites de busca.

Os artigos, notícias, manchetes e chamadas para a ação devem ser trabalhados com cuidado, pois eles são dirigidos para gerar leads, ou seja, são iscas digitais. Sempre lembrando que tudo deve ser de relevância para quem se dirige, ao contar a história se entrega informação de utilidade para as pessoas porque ouvimos o que elas querem.

De acordo com HubSpot seu conteúdo pode gerar até 94% a mais de visualizações quando você inclui elementos visuais atraentes. Mas você não pode simplesmente pegar algumas fotos para seu blog ou mensagens de mídia social. Seu conteúdo visual merece uma elaboração profissional. Seu target vai formar suas próprias interpretações e as primeiras impressões com base nos elementos visuais que você escolher para colocar diante deles. O a sua aparência está realmente dizendo sobre sua marca?

Seu perfil é inovador, conservador ou futurista?

Tudo isso você pode transmitir através de uma estratégia visual para site, redes sociais, blog, etc, para o seu público identificar sua marca.

No visual é onde você pode trabalhar muito a personalidade de sua marca. Procure cores, desenhos que revelem como você quer mostrar sua marca e seu produto, caloroso, amigável, elegante, moderno, útil, etc.

Você não tem que ser um artista genial ou designer para criar uma identidade visual deslumbrante para a sua marca. Escolha imagens inspiradas para contar uma história. Olhe com atenção para imagens pops, memes, ou qualquer coisa que não ressoe com a sua marca.

Prenda pelo sensorial. Uma boa imagem, por exemplo, deve criar calor, chamar nostalgia, paixão, ou incutir modernidade. Nossa cultura digital está com sobrecarga de informações, melhor então provocar os sentidos.

Procure produzir o que é relevante. É importante ser cauteloso para não ser excessivamente promocional.

Acredito que com essas ideias você pode muito bem criar ou melhorar sua estratégia de conteúdo para ter um retorno realmente espantoso.

Gostou desse artigo? Se você deseja receber uma consultoria especializada para seu negócio, entre em contato conosco.

Até breve! 😉