loader

CONTEÚDO INTELIGENTE – O QUE É?

A possibilidade de publicar rapidamente o conteúdo para vários canais de saída automática fez profissionais de conteúdo adotarem o conteúdo inteligente que veio da comunicação técnica de programação. 

Conteúdo inteligente não é sobre as palavras ou as imagens, conteúdo inteligente é como você criar, gerenciar e entregar o seu conteúdo. Você pode ter o melhor conteúdo do mundo, mas se você não pode entregar a seus clientes ou prospects, na hora certa, no formato certo e no dispositivo de sua escolha, não importa o quão bom o seu conteúdo é. Comunicadores gastam muito tempo confeccionando conteúdo para um canal, e então confeccionam mais e mais conteúdo para cada canal adicional. Isso não é sustentável. Nós não temos os recursos nem o tempo, e não podemos arcar com o custo deste processo sujeito a erros.” Ann Rockley, conhecida como a mãe da estratégia de conteúdo.

Hoje você precisa unir as informações sobre as pessoas que compõem o seu target com a tecnologia mais descolada para produzir e entregar seu conteúdo. Você já pode chegar automaticamente com a mensagem personalizada na hora certa para todos que você deseja se comunicar. Numa época que surgem tantos canais digitais ampliados com uma infinidade de devices que só tendem a se multiplicar com a internet das coisas, você fará uma comunicação mais eficiente com o conteúdo inteligente.

O conteúdo inteligente é aquele que é útil para várias finalidades em diversas saídas diferentes. Deve ser construído para ser modulável, estruturalmente rico, e semanticamente categorizado. Ou seja, trata-se de um módulo de comunicação que pode ser detectável, reutilizável, reconfigurável e adaptável. Ele funciona bem para comunicação com seres humanos, mas também deve ser bem lido por máquinas.

Em função das máquinas de busca o texto na web foi ficando cada vez mais segmentado e por isso mais direcionado, com sintonia fina. Softwares foram criados com ferramentas e tecnologia para fazer um único conteúdo ter um grande número de formatos e saídas processado em larga escala. O mais antigo exemplo dessas práticas com proficiência aconteceu em 2012 na campanha de Obama à presidência dos EUA. Mas, as ferramentas de email-marketing quando são bem usadas, com a comunicação personalizada, é um belo exemplo de conteúdo inteligente.

Captura de Tela 2015-05-19 às 13.23.37

Funciona mais ou menos assim na prática, uma solicitação de marketing é proposta, é criada uma solução de conteúdo, um blog, uma série de ebooks, white papers, infográfico, etc. O conteúdo é reaproveitado para vários canais. Para isso, o conteúdo original deve reformatado toda vez que for redirecionado. Cada vez que isso for feito, novo público é incluído, aplausos para os esforços de tradução e localização.

Novas marcas vão emergir como líderes em marketing de conteúdo inteligente por produzir e entregar conteúdo de relevância para a pessoa certa na hora certa, no canal direito, no idioma correto, em larguíssima escala. Uma coisa é certa: O conteúdo inteligente deixa a venda muito mais fácil.

Continue nos acompanhando e se precisar de uma força no seu marketing de conteúdo, é só falar!

Abração! 😉

Ref.:

http://www.tracto.com.br/a-evolucao-do-content-marketing-incluira-conteudo-inteligente/

http://en.wikipedia.org/wiki/Ann_Rockley