loader

Como é o Web Summit? por Leandro Rehem

Eu sempre falo que participar de eventos é um dos caminhos para crescer na sua carreira. Networking e conexão, sempre faz bem. Hoje venho compartilhar um pouco das minhas experiências em eventos internacionais no ano de 2017 relacionados a marketing digital, tecnologia, comunicação, inovação, empreendedorismo, ou seja, tudo ligado a esse novo mundo do @, digital, globalizado.

Pra quem não me conhece sou Leandro Rehem, Léo, empreendedor na área de comunicação digital. Trabalho com marketing digital desde 2011 com a LeWay, também mantenho o blog Marketing Político Digital e estou iniciando o projeto da Escola Novo Marketing Digital, focado em cursos presenciais e online, numa pegada informal e diferenciada, levando conteúdo descomplicado e prático para diversos cantos do Brasil, e fora dele (este ano tive a oportunidade de realizar o Workshop de Marketing Digital em Lisboa, uma oportunidade incrível).

Mas vamos lá, estou aqui pra falar no Web Summit 2017 que tive a honra de participar pela segunda vez. Nessa oportunidade pude realizar trabalhos com parceiros em Portugal e de ter recebido a adesão de clientes em Portugal e na Espanha, e isso me fez abrir a cabeça para internacionalizar a carreira e romper fronteiras compartilhando conteúdo, além de me inspirar e aprender com novos ecossistemas e culturas diferentes.

O Web Summit vem se tornando o maior evento de tecnologia do mundo, com o público de 50 mil pessoas, agora chegou ao seu nono ano e causou um impacto de pelo menos 300 milhões de euros em áreas como hotelaria e transportes, segundo o governo local.

O evento decorreu entre 06 de novembro e 09 de novembro na zona do Parque das Nações, em Lisboa, e, segundo a organização da Web Summit, nesta segunda edição em Portugal, participaram 59.115 pessoas de 170 países. Uma cidade totalmente no clima do evento. Um evento que abraça a cidade, e uma cidade que abraça o evento. Engajamento na veia!!!

É um evento enorme, de você ficar perdido com tanto conteúdo. Mais de 1000 oradores que estão distribuídos pelos 21 palcos. Há conferências para interessados em robótica, lifestyle, música, fitness, futuro da sociedade, conteúdo e muitos outros. É tudo muito bem segmentado com áreas focadas em grandes oportunidades e inovações que estão acontecendo ao redor do mundo. Mais de 20 conferências, 4 pavilhões e o Centrum Stage, palco principal, esse ano chamado de Altice Arena.  Só pra você ter idéia, olha a foto abaixo!

É um enorme espaço de convergência entre empresas, investidores, ‘startups’, capitais de risco”. A aposta de Paddy Cosgrave (o criador do evento) foi a de promover “ligações entre ‘startups’ e grandes grupos e investidores”.

Com certeza um dos principais destaques na solenidade de abertura, que foi citado em toda a imprensa mundial, foi a transmissão de Stephen Hawking em tempo real alertando para os riscos que a humanidade enfrenta ao dar início à era da Inteligência Artificial. “Com sua autoridade como cientista e mesmo com sua dolorosa experiência de vida extremamente dependente da tecnologia — Hawking é fundamentalmente um cérebro cercado de próteses robóticas — sua mensagem foi um misto de otimismo e pessimismo de alerta cauteloso.” Mencionou o site o Observador.

Cada dia uma experiência única com conteúdos de tirar o fôlego! Todos os dias com palestras incríveis e imperdíveis, No dia 7 tivemos participação de CEO’s de empresas como: Google Jigsaw; Farfetch; Survey Monkey. O dia 8, tão bom quanto, foi preenchido por excelentes palestras de empresas como: Uber, Duolingo, Reddit, Slack, Asana e Tinder. E no dia 09, o grand finale, grandes nomes como: Amazon, Gogoro, Feedzai, Science4you e Cambridge Analytica. E olha que isso é só parte do que rolou deste evento fantástico!

Além disso, área para food trucks, eventos paralelos, shows, meetups, networking, é muita conexão. Toda a noite uma área da cidade é escolhida para conectar as pessoas e continuar o pós-evento, é um tipo de evento-conceito sendo divulgado aqui como “afterwork”, chamado de “Night Summit” . Um dia no Bairro alto, outro no Lx Factory e por aí vai.

No primeiro dia, nada menos que uns 120 bares envolvidos no evento, todos localizados nas zonas do Bairro Alto e do Príncipe Real, região muito conhecida por sua noite agitada. No segundo dia, Cais do Sodré, com a Pink Street é onde a noite se estende. A Pensão Amor, a Espumanteria e a La Puttana são alguns dos bares selecionados de uma infinidade de opções. É tudo muito bom, e o preço também é muito convidativo para beber sem dor na consciência. O LxFactory foi o local escolhido para a terceira e última noite do Night Summit. Trata-se de complexo industrial histórico que reúne muitos  comerciantes de arte e restaurantes exclusivos, com muito estilo. É um ambiente inspirador! Imagine que além de participar de um evento tão quente, você ainda conhece Lisboa e seus cantos maravilhosos, ficar a beber cerveja e vinhos bons e baratos, comer bacalhau, pastel de belém, castanhas assadas.. hummmm… Putz, eu adoro Portugal!

A Web Summit começou como uma idéia simples em 2010: conectar a comunidade tecnológica com todas as indústrias, antigas e novas. Isso ainda hoje se faz muito necessário. Principalmente no Nordeste do Brasil, região a qual faço parte, com muito orgulho. Espero que possamos mudar esse quadro muito em breve e trazer para o Nordeste o eixo de grandes eventos de tecnologia e marketing.

Pra finalizar, foi um evento muito interessante e que abre a nossa mente, não tenha dúvida. Quanto antes você garantir seu ingresso, melhor, pois ele chega a custar 1.500 euros por pessoa. Apesar de, particularmente, eu gostar mais de eventos menores, o Web Summit faz a gente ter noção do real tamanho desse mercado. É surreal, enorme, relevante e épico! É uma oportunidade de perceber o tamanho desse mercado, multicultural. Finalizando, é uma fantástica experiência em tempo real de perceber o mundo se conectando através de debates de ponta, com tendências e conversas sobre o presente e o futuro, afinal, ele chegou.

Se você quer conhecer, comece já a se planejar! Web Summit 2018 tem muito mais.

De quebra mais 2 vídeos, um que vai te mostrar um pouco do ecossistema de Lisboa e Portugal, e o outro de mostrar o vídeo que passou na abertura do evento. Sensacional.

Grande abraço e até breve!